21welltea-superJumbo.jpg

Camellia sinensis

Oolong

O chá Oolong começou a ser produzino na província de Fujian, na China, com uma história que remonta há mais de mil anos, a uma forma tradicional de chá chamada chá Beiyuan. O chá Beiyuan foi o primeiro chá de tributo conhecido (um chá dado em homenagem ao imperador ou à família real) produzido em Fujian, e um dos chás mais conhecidos produzidos durante a dinastia Song.

A área de Beiyuan está localizada em torno da montanha Phoenix, em Fujian, e era uma área produtora de chá desde a dinastia Tang anterior. Este chá era um tipo de chá comprimido, com as folhas comprimidas em bolos. Quando estes saíram de moda com a realeza, a área começou a produzir um chá de folhas soltas parcialmente oxidado - o chá Oolong original.

 

Existe uma lenda a respeito deste chá. Durante a dinastia Qing, um fazendeiro de chá em Fujian estava colhendo chá um dia quando viu um cervo. Decidindo caçar o cervo em vez de processar o chá colhido, foi somente no dia seguinte que ele terminou o chá. No entanto, a essa altura, as bordas das folhas haviam oxidado parcialmente e emitiam um bom aroma surpreendente.

 

Assim, decidindo terminar o processamento como de costume, ele ficou surpreso ao descobrir que o chá resultante tinha um sabor doce forte completamente novo, que não tinha nenhuma amargura que geralmente era produzida. O apelido desse cara era Oolong, então o novo chá recebeu o nome dele.

338947-milk_oolong_loose-2.jpg

Sendo um chá levemente oxidado, Oolong tem um sabor e aroma que fica em algum lugar entre chás verdes e chás pretos. Tipos individuais de chá Oolong podem variar de quase como um chá verde a quase como um chá preto, dependendo do grau de oxidação durante o processamento.

Enquanto os oolongs mais famosos são originários da China e Taiwan, diferentes estilos de oolong estão sendo produzidos hoje em outras partes do mundo. Índia, Sri Lanka, Japão, Tailândia e Nova Zelândia são apenas alguns dos países que produzem alguns dos chás Oolong do mundo.

 

Primeiro, as folhas murcham sob a luz direta do sol e depois são agitadas suavemente em cestas de bambu para ferir levemente as bordas das folhas. Em seguida, as folhas são secas ao ar e à sombra até que a superfície da folha fique levemente amarela. O processo de agitação e secagem das folhas é repetido várias vezes. O período de oxidação dos chás oolong é menor que o dos chás pretos e depende do tipo de oolong. Isso pode variar de cerca de 20% para um oolong verde a 60% para um oolong clássico de Taiwan.

 

Depois que o nível de oxidação desejado é atingido, as folhas são queimadas em panelas a altas temperaturas para evitar oxidação adicional. Devido às temperaturas mais altas de queima, os chás oolong contêm menos umidade e têm uma vida útil mais longa do que os chás verdes.

Chás mais conhecidos

China:

  • Wu Liang Mountain Gao Shan

  • Feng Huang Dancong Oolong (Phoenix Dancong)

  • Jin Shuan (Milk Oolong)

  • Da Hang Pao

  • Ti Kuan Yin

Taiwan:

  • Ali Shan Shan Oolong

  • Shan Lin Xi

  • Li Shan Oolong

  • Oriental Beauty Oolong

  • Honey Oolong (Mi Xiang Oolong)