21welltea-superJumbo.jpg

Camellia sinensis

Sri Lanka

»O Sri Lanka, conhecido nos círculos do chá como Ceilão, é um país insular ao sudeste da Índia. O Sri Lanka é o terceiro maior produtor de chá do mundo, depois da Índia e da China e possui terras baixas e áreas montanhosas, com clima amplamente variável, dependendo da localização. O chá é cultivado principalmente nas regiões central e sul da ilha.

O país fica nos trópicos do hemisfério norte: as temperaturas são semelhantes o ano todo, apenas um pouco mais quente no verão. O padrão de precipitação é fortemente sazonal. Em contraste com a maioria das regiões produtoras de chá da Índia, que têm uma estação das monções no verão, grande parte do Sri Lanka, incluindo as regiões central e sul da ilha em que grande parte do chá é cultivado, experimenta duas estações chuvosas distintas e duas estações secas distintas a cada ano.

As chuvas e a temperatura também variam muito com base na altitude e na localização em relação às áreas montanhosas.

Esses padrões resultam em características únicas e muito diferentes de chás cultivados em diferentes locais do país. Infelizmente, grande parte dessa variação não é apreciada, pois a maior parte do chá exportado do Sri Lanka é usada em blends.

 

O Sri Lanka é mais conhecido pelo Ceylon black tea, e a grande maioria de sua produção é de chá preto, embora também produza pequenas quantidades de chá verde e branco. O chá típico tem um caráter intermediário, típico dos chás pretos consumidos no Ocidente. No entanto, uma pequena porção de chás pretos artesanais é produzida com estilo semelhante aos chás de Darjeeling, Assam ou de outras regiões.

 

Os chás verde e branco do Ceilão tendem a usar nomes semelhantes aos das variedades chinesas de chá. Embora esses chás sejam geralmente reconhecíveis como seus estilos, suas características podem ser muito diferentes das originais. Os chás verdes do Ceilão são mais conhecidos no Oriente Médio do que nos países ocidentais.

ceylon_tea_logo.png